Testamento de Joseph Safra será contestado na Justiça em NY

Testamento de Joseph Safra será contestado na Justiça em NY

Um dos filhos do falecido banqueiro Joseph Safra planeja contestar na Justiça suíça o testamento do pai, que o deixou de fora da partilha da herança de seu pai, segundo o jornal O Globo.

Alberto Safra, 41 anos, ajuizou uma ação em um tribunal de Nova York pedindo autorização para buscar provas nos Estados Unidos para subsidiar seu pleito. Em nota, a família Safra afirmou desconhecer a existência do processo. “O Sr. Joseph Safra tomou todas as precauções necessárias para que seus atos de última vontade fossem devidamente respeitados.
Esta contestação é a posição isolada de apenas um dos filhos que não condiz com a verdade do fatos”, diz o comunicado.

Joseph Safra morreu em dezembro de 2020, aos 82 anos, e deixou uma fortuna de US$ 16 bilhões para os seus herdeiros. Sua esposa, Vicky Safra, ocupa a posição 339 da lista de bilionários da Forbes, com fortuna estimada em US$ 7,4 bilhões. Os quatro filhos adultos do casal, David, Esther, Jacob e Alberto, estão no 358º lugar, com um patrimônio conjunto de US$ 7,1 bilhões.

Joseph herdou em 1955 o banco fundado pelo pai, Jacob (1891-1963), e assumiu a liderança dos negócios ao lado dos irmãos, Edmond e Moise. Depois da morte de Edmond (1999), o bilionário comprou a participação de Moise, em 2006, por um valor não revelado.

O bilionário tinha investimentos imobiliários em algumas das principais metrópoles ao redor do globo e era dono, ao lado do bilionário José Cutrale, da gigante Chiquita Brands, maior produtora de bananas do mundo.

Alberto alega que o pai, que lutava contra o mal de Parkinson nos últimos anos de sua vida, foi influenciado a mudar seu testamento em 2019 – as alterações teriam deixado o filho fora da partilha.

“O Sr. Safra não estava sob nenhuma condição, naquele momento, de voluntária e conscientemente fazer mudanças em seus testamentos, muito menos mudanças que privariam o peticionário, um filho devotado que havia servido lealmente a seu pai durante anos nos negócios da família, de sua herança legítima”, argumentou Alberto em documentos judiciais apresentados em um tribunal federal de Manhattan, segundo O Globo.

COMENTARIOS NESSA NOTÍCIA
PARTICIPE DA MATERIA, DEIXE SEU COMENTARIO !

Enviar Comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Outras Notícias

error: Content is protected !!